Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Blog Bestialmente Conhecido

Lé chon se á abané...

acagaçada.png

 

 

Estava eu descansada da minha vida, ali forte a ler documentos cruciais à minha vida de trabalho, e vai de sentir o chão a mexer-se com vontade própria.

- Ó não-sei-quantas deste conta disto filha, ou fui só eu?

É que às vezes acho que as coisas se dão, porque sou uma caguinchas, e não se passou nada.

Todos confirmaram o abanico menos o chefe, metido com a sua vida achou que estávamos a mangar com ele.

Liguei para casa a saber se alguém tinha sentido alguma coisa, rico filho estava no jardim a dar à perna de um lado para o outro nem se apercebeu de nada.

No Correio da Manhã não tardou a saber-se que o epicentro foi em Arraiolos com uma magnitude de 4.9. E ao fim de poucos minutos já lá havia um reporter. (às vezes tenho medo...parece que estão sempre entre nós...)

Caramba, se menos de 5 se sente tão bem, se isto se me abana como no Japão estamos feitos ao bife. Mas atenção que não houve baixas de pessoas, animais ou objetos.

Durante a hora de almoço já houve quem esclarecesse que os gatos conseguem pressentir terramotos, a minha colega do lado esclareceu que se ouve barulho antes.

Para ir beber o cafezinho à rua fiz as viagens de elevador com um certo tefe-tefe, mas depois enchi-me de coragem e lembrei-me que nos filmes a malta que lerpa sempre são os medrosos histéricos. Os heróis ultrapassam tudo estoicamente e nunca mostram um semblante acagaçado.

Estou a tentar manter esse estado mental para ultrapassar a tarde.

E farei os possíveis nos próximos dias para convencer os RH e o meu chefe de que a melhor coisa para a empresa é adquirir um gato. Fariamos como com o peixinho dourado do Colégio e cada colaborador fica com o gato um fim de semana.

Por enquanto...

...ainda que ache que o melhor era preventivamente evacuarem Lisboa, que assim preveníamos baixas num cenário de catástrofe e eu adiantava as coisas para o jantar.

 

 

  • 18 comentários

    Comentar post