Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Blog Bestialmente Conhecido

Estupidez à traição

Estou perfeitamente ao corrente do facto de o mundo estar empestado de ignorância.

A ignorância resulta, em parte, da má educação que se disponibiliza em casa. A outra parte vem do ambiente em que nos inserimos e depois existe uma fatia inata que está enraizada na essência de cada um.

Às vezes a educação consegue minimizar a estupidez. Outras vezes a vida faz esse trabalho.

Mas há uma guedelha muito grande de população a quem nenhum destes elementos faz efeito. E sim, eu disse guedelha, porque neste caso é tão grande o numero de pessoas que seria matematicamente incorreto usar a expressão "franja".

Hoje experienciei duas coisas numa só, má educação e estupidez à traição. Tudo envolto no manto do carnaval, essa época do ano que tanto prezo e cuja existência desejo que se extinga desde que me lembro de ser pessoa.

Vinha tranquila da minha corrida quando passam por mim 2 miúdos com os seus 10 anos. Ambos com máscaras de carnaval (ou caraças, como lhe chamávamos no meu tempo). Quando estão mesmo a passar por mim um dos artistas decide berrar, dando um passo largo em direção à minha pessoa. Com o intuito idiota de me assustar.

É lógico que em sobressaltei um pouco, afinal de contas não estava a contar com berros, mas não me assustei. Percebi que estava perante um idiota in the making. Sim, eu sei que é um miúdo, mas os miúdos também são idiotas. E os miúdos vão crescer para ser homens adultos que, se não transportam consigo alguma educação, de tornarão adultos idiotas.

Ora pois que, um miúdo que acha que "insere" na sua brincadeira néscia um adulto que não conhece de parte alguma, demonstra alguma coisa da sua conduta. Não sei se ensinada se intrínseca.

Não vou dizer que gostava de lhe ter dado uma galheta, porque isso ia dar-me trabalho e não me parece que merecesse o esforço. Mas confesso que me teria dado algum gozo que ele tivesse ido contra um poste assim que se voltasse para a frente.

Era pessoa para me partir às gargalhadas.

Lá isso era.