Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Blog Bestialmente Conhecido

Aos homens que me ajudam a ser a Mulher que sou

Fui criada numa casa de homens.

Um pai e três irmãos.

Nunca me vi como "mulher menina", frágil e menos capaz.

Eles ensinaram-me a ser dura, firme, a não baixar a cabeça a ninguém, homem ou mulher.

A minha mãe dizia-me: és mulher num mundo de homens, tens de ser mais esperta que eles para vencer.

A minha mãe não sonhava com os dias de hoje.

Fiz-me mulher, fiz-me forte, fiz-me o melhor que consegui e continuo a trabalhar nisso.

Casei com um homem que acredita mais em mim que eu.

Que me lembra todos os dias que sou especial. Que faz de mim a melhor mulher que eu podia ser.

Tornei-me mãe do puto mais incrível à face da terra. E quero ensinar-lhe que as mulheres e os homens, apesar de pertencerem a géneros diferentes, são todos pessoas que devem ser respeitadas pelo seu carácter, pela sua conduta e pelos seus princípios.

 

Não sou mulher hoje. Sou mulher todos os dias. Nunca me esqueço disso.

O que não quer dizer que ter um dia para celebrar este superpoder seja fofinho.

 

Não sou de celebrar dias disti nem dias daquilo, mas aos poucos vou começando a aceitar melhor o sentido. Deve ser da idade, de começar a compreender que todos os dias são uma dádiva e que os devemos celebrar. Ter a oportunidade de por cá andar a ver tudo isto é um privilégio.

 

Hoje quero dedicar este dia da mulher aos homens da minha vida.

Os que sem saber bem como, ajudaram a criar o que sou.

Os que fizeram de mim uma mulher rija e capaz de qualquer desafio.

Ao homem que escolhi para me acompanhar nesta vida.

Fazes de mim a mulher que sou todos os dias.

Ao pequeno homem que trouxe ao mundo. No que depender de mim vais fazer a diferença e vais mostrar ao mundo que os homens e as mulheres caminham lado a lado, para que esta bola a que chamamos casa seja uma coisa melhor.

 

woman.gif

 

(Este maravilhoso espaço de entretenimento tem conta no facebook e também arreia texto e imagem no Instagram. Ainda não segues?  Shame on you...)

 

  • 5 comentários

    Comentar post