Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Blog Bestialmente Conhecido

Estou num estado que não sei

Não sei de dispa o casaco se o mantenha vestido. Não sei se coma uma se coma duas. Olha, malhei quatro. Não sei se desça já as escadas, se espere mais um bocado. Se faça a salada ou lave a loiça de pequeno almoço. Se me sente, se ande um um lado para outro. 

Estou tão cansada que o cérebro já me parece dormente, como quando nos sentamos muito tempo em cima de uma perna e a circulação desiste de lá chegar. Não está a latejar, é uma espécie de turbulência lenta, acompanhada de uma compreensão vagarosa, com gestos pausados e lógica atrasada.

Não sei se me deite se me sente e aponte. Não se se jante se tome já banho. Não se se pare à janela a ver o pequeno a chegar se me sente a olhar para a televisão minuto e meio.

Não sei. Estou tão cansada que já não sei.

 

  • 1 comentário

    Comentar post