Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Blog Bestialmente Conhecido

Mil e uma formas de ser estúpida - lição de vida 1

Há uns meses, em resultado de uma alteração profissional, foi-me concedido acesso a computador portátil com acessos remotos totais, o que significa que consigo fazer a partir de casa tudo o que consigo fazer sentada na minha secretária do trabalho.

Esta semana vim de férias com um conjunto de condicionantes. Eu estava de férias, outras duas pessoas do departamento estavam no exterior em formação (uma delas da minha equipa). Uma pessoa estava doente e na sexta feira antes de eu vir de férias teve de faltar porque estava desgraçada com a gripe. 

Na terça feira só ia estar uma pessoa a trabalhar.

Estava tudo por um fio.

Eu trouxe o PC para casa, ficava de backup em caso de haver algum aumento no volume de trabalho, caso surgisse algum berbicacho, caso a única pessoa se esbardalhasse no carnaval e partisse as duas pernas (afinal ia andar mascarado de baihana com direito a saltos altos e tudo).

Fui estando em contacto mas felizmente não foi preciso o meu apoio.

Pude gozar as minhas férias descansada e devo isso ao esforço desta equipa de gente destrambelhada mas extremamente capaz.

Hoje, sabendo a semana difícil que me espera pensei que o melhor era começar já a adiantar temas. Começar a ver a caixa de e-mail que normalmente é um inferno e assim amanhã de manhã já começava o dia com avanço.

Sou só eu ou o e-mail é a maior praga do século XXI? Às vezes sinto que tenho duas profissões: leitora de e-mails e depois a minha função.

Tento fazer ligação - nada!

Tento novamente - nicles.

Reinicio o computados - ligação falhada.

Persisto - não dá.

O IT sacou-me os acessos, querem ver?!

Nã, não me faziam isso, sabem que sou mais chata que a sarna e depois iam aturar-me a barafustar.

Tento mais uma vez.

Depois parei, frustrada a olhar para o PC. Lembrei-me.

Antes de vir de férias recebi alguns 10 alertas a dizer que as minhas passwords de acesso iam expirar dentro de 2 dias.

Nunca atualizei os acessos. Queria era despachar trabalho para vir de férias.

A verdade é que acho a atualização da password uma seca, nunca me lembro de nada de jeito. Era melhor que o PC lesse a retina da minha vista direita.

Assim estou sem conseguir adiantar trabalho, só amanhã, depois de ligar o PC à rede fixa, depois de atualizar a password é que isso vai acontecer.

Sinto-me burra.

Não, esperem, sinto-me estúpida. Porque os burros são animais simpáticos que gostam de comer maças.

Lição de vida: queres trabalhar a partir de casa atualiza os acessos, de outra forma estás sempre a bater com os costados no escritório.

 

  • 4 comentários

    Comentar post