Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Blog Bestialmente Conhecido

Sôtor, o anti-tabagista

Estava a fazer o seu passeio matinal com o avô. Por eles passa uma rapariga com os seus 16 ou 17 anos. A rapariga puxa de um maço de cigarros e põe um cigarro na boca. Sôtor para à frente dela, interceta-a e diz-lhe:

 

- Olha lá, quê isso que tás a por na boca?

 

A rapariga, a rir e sem saber o que responder aquela criatura de palmo e meio diz-lhe encolhendo os ombros:

 

- Olha, é um cigarro.

 

Ele seguiu à sua vida sem compreender porque raio uma pessoa põe na boca uma coisa que não é para comer. E a rapariga deve ter-se partido a rir a contar a lata daquela criatura às amigas.

 

  • 1 comentário

    Comentar post